Central de Atendimento:
  • (31) 3079.3478
  • (31) 3079.3479
  • (31) 3079.3480
  • (31) 3079.3481
2ª a 6ª de 7h as 19h Sábado de 8h as 13h15
  • A
  • A
  • A-
  • A
  • A+

Amagis Saúde recebe nota máxima da ANS pela 10ª vez consecutiva

30 de Outubro de 2017 às 18h15

Pela décima vez consecutiva, a Amagis Saúde recebeu, em outubro, a nota máxima no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) do programa de qualificação de operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Também pelo décimo ano seguido, o plano de saúde da Magistratura mineira foi premiado pela União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas), tendo o duplo reconhecimento da qualidade dos serviços prestados ao usuário do plano.

A ANS atualiza periodicamente os critérios do índice de desempenho, incluindo, por exemplo, as novas exigências do rol de procedimentos definidos pela própria agência. Dessa maneira, as operadoras de saúde em autogestão são obrigadas a se atualizarem constantemente, para poder garantir o padrão de excelência aferido anualmente pelo IDSS.

O índice avalia o desempenho global dos planos. No ano base 2016, analisou, entre outros indicadores, o acesso a serviços bá- sicos de saúde, urgência e emergência, gestão dos processos, programas de promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças e a sustentabilidade da operadora no mercado, que inclui a disponibilidade financeira e os recursos próprios do plano. 

Premiação

O prêmio da Unidas foi entregue no dia 28 de outubro, no encerramento do 20º Congresso Internacional da União, realizado em Foz do Iguaçu, quando foram debatidos temas como informação, inovação e participação, atenção primária na saúde suplementar, panorama fiscal das autogestões, gestão de custos e da qualidade assistências, entre outros.

A Amagis Saúde participa regularmente dos congressos e reuniões da Unidas para se atualizar sobre a legislação referente aos planos de autogestão e aperfeiçoar suas práticas e procedimentos. O objetivo é manter o padrão de qualidade alcançado ao longo dos anos e reconhecido consecutivamente tanto pela união das operadoras quanto pela ANS.