Central de Atendimento:
  • (31) 3079.3478
  • (31) 3079.3479
  • (31) 3079.3480
  • (31) 3079.3481
2ª a 6ª de 7h as 19h Sábado de 8h as 13h15
  • A
  • A
  • A-
  • A
  • A+

Peso da mochila pode prejudicar a postura

26 de Fevereiro de 2018 às 10h30

Os pais e responsáveis devem ficar atentos ao peso da mochila escolar: a mochila que será transportada pela criança não pode ultrapassar mais de 10% do peso corporal.

Carregar material escolar em excesso pode provocar algum tipo de deformidade postural, contratura muscular, escoliose por dor na musculatura; além de desconcentrar a criança de suas atividades escolares.

Vale destacar que mesmo os modelos de mochilas com rodinhas podem prejudicar a coluna se não forem usadas adequadamente. Assim, ajuste a alça de carregar próximo a altura da cintura da pessoa, e use-a sempre com os ombros nivelados, sem abaixar muito a mão para puxar a mochila de roda ou dobrar a coluna lateralmente para carregá-la. Essas atitudes podem evitar transtornos musculares e formas de lombalgia, que é a dor lombar, de uma forma geral.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, aproximadamente 80% da população mundial sofrerá pelo menos um episódio de dor na coluna durante a vida devido aos maus hábitos posturais.

Na hora de comprar

Os pais que ainda não compraram a mochila para os filhos devem ficar atentos aos modelos disponíveis no mercado para que o acessório não se torne um vilão e prejudique a coluna dos pequenos. Opte pelos modelos de alças acolchoadas com largura que não excedam o tamanho da criança, e com altura sobre a região da cintura. As alças da mochila devem ser divididas nos dois ombros, evitando utilizar de um só lado. Vale destacar que crianças pequenas não devem carregar peso e é preferível levar o material didático em mochilas do tipo carrinho. A sobrecarga do material escolar pode ocasionar problemas de postura e dores. Assim, arrume a mochila diariamente, colocando apenas o material escolar necessário para as aulas.


Fonte: Secretaria de Saúde de MG