Central de Atendimento:
  • (31) 3079.3478
  • (31) 3079.3479
  • (31) 3079.3480
  • (31) 3079.3481
2ª a 6ª de 7h as 19h Sábado de 8h as 13h15
  • A
  • A
  • A-
  • A
  • A+

Amagis e Amagis Saúde promovem ação do Setembro Amarelo em Belo Horizonte

21 de Setembro de 2018 às 10h40

A Amagis promoveu durante toda esta semana, nas unidades do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) em Belo Horizonte, a campanha Setembro Amarelo, buscando conscientizar e reforçar a prevenção ao suicídio. O presidente da Amagis, desembargador Maurício Soares, e a vice-presidente de Saúde, juíza Luzia Peixôto, estiveram durante a semana, nas unidades do Fórum Lafayette, Raja Gabáglia, TJMG, e nos Juizados Especial da Capital, para entregar rosas amarelas aos magistrados e magistradas. 

setembroamarelo

O desembargador Fernando de Vasconcelos Lins ressaltou a importância da adesão da Amagis a esta campanha. “Os dias atuais são de muita pressão, não só do trabalho mas também familiar e das relações pessoais, o que faz com que nos cuidemos mais para poder ter um futuro e trabalho melhores”, disse.

setembro2

O desembargador José Fernandes Filho disse que a Amagis promove, com este gesto, o interesse pela saúde e pela vida. “É uma campanha digna do meu respeito”, disse.

setembroamarelo2

O juiz Carlos Donizetti elogiou toda a direção da Amagis pelas iniciativas que vêm fazendo pela  saúde do magistrado. “Nós temos uma atividade que requer toda a exaustão, às vezes de 10 a 12 horas por dia, e essas doenças são silenciosas. A partir do momento em que a Amagis traz esse cuidado pela conscientização, ela desperta em todos nós a necessidade dos exames, da prevenção e da conscientização”, enalteceu.

Campanha Setembro Amarelo

Campanha


O mês de setembro é o escolhido para a realização da campanha por causa do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial da Saúde(OMS). Em todo o mundo, são realizadas ações neste mês com o objetivo de alertar os governos e os cidadão sobre o tema. De acordo com dados da OMS, mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano. No mundo, e em cada caso cometido, vinte outras tentativas ocorrem.


No Brasil, a data passou a ser lembrada a partir de 2014 com o objetivo de alertar a sociedade a respeito do suicídio no país. De acordo com a OMS, o Brasil é o oitavo país no ranking mundial de suicídios. Em 2012, foram registradas 11.821 mortes, sendo 9.198 homens e 2.623 mulheres (taxa de 6,0 para cada grupo de 100 mil habitantes).