Central de Atendimento:
  • (31) 3079.3478
  • (31) 3079.3479
  • (31) 3079.3480
  • (31) 3079.3481
2ª a 6ª de 7h as 19h Sábado de 8h as 13h15
  • A
  • A
  • A-
  • A
  • A+

Magistrados incluem check-up na rotina

31 de Janeiro de 2019 às 11h00

Com a renovação do Programa de Check-up, feita pelo Conselho Gestor de Saúde, em agosto do ano passado, por mais um ano, os magistrados mineiros incluíram os exames oferecidos pela Amagis Saúde gratuitamente em sua rotina, fazendo, pelo segundo ano consecutivo, uso do benefício concedido aos usuários do plano no mês de seu aniversário.

Para o juiz Sérgio Castro da Cunha Peixoto, do Juizado Especial da Comarca de Belo Horizonte, a continuidade do programa é absolutamente necessária. De acordo com ele, quando realizou o exame, pela primeira vez, não tinha a dimensão da abrangência do check-up, que inclui especialidades como cardiologia, proctologia, urologia, pneumologia, dermatologia, avaliação nutricional e análise de estresse, entre outros. “Achei a ideia excelente. Tive notícia de colegas surpreendidos em algum procedimento, que já deram início ao tratamento antes de a doença avançar”, comentou.

Juiz Geraldo Sousa

 

Juiz Geraldo Sousa realiza os exames do Check-Up

 

O juiz Vinícius Melo Mendonça, do Juizado Especial da Comarca de Divinópolis (Oeste), é um dos beneficiários do plano que pode iniciar um tratamento precocemente, a partir do diagnóstico feito pelo check-up. O magistrado disse que os exames apontaram a creatina elevada, sobrecarregando o rim. “Foi só controlar a alimentação para o cálculo não avançar”, apontou o magistrado, para quem a manutenção do check-up permite aos médicos fazer uma comparação entre melhora ou piora do quadro do paciente.

Já a juíza aposentada Neusa Maria Guido foi surpreendia com pólipos no intestino, contando que não sentia nada e que o problema só foi identificado a partir do check-up. “Poderia ter se tornado um problema se não tivesse sido cuidado”, disse a magistrada, ao agradecer ainda a atenção dedicada pela médica Luciana Maria Pyramo Costa, e concluiu: “O check-up foi o maior presente que a Amagis deu aos magistrados!”.

Há também magistrados que estão realizando o Check-up pela primeira vez, como o juiz aposentado Geraldo de Sousa Lopes, da Comarca de Abaeté. Ele disse que ficou muito impressionado com o atendimento da clínica e o nível dos profissionais. “Todos altamente habilitados para os exames, uma bateria grande, e gostaria de aplaudir esta iniciativa da Amagis e congratular com todos da clínica”, destacou o juiz, para quem considera ser de grande importância que todos os magistrados também façam os exames.

Com a grande procura pelo Check-up oferecido pela Amagis Saúde, é importante que os usuários do plano marquem sua consulta com antecedência, evitando assim eventuais contratempos. Para agendar o serviço, os magistrados que residem nas comarcas do interior devem entrar em contato com o plano pelo telefone (31) 3079- 3499, ramal 3407, ou pelo e-mail checkup@ amagis.com.br para se informar sobre qual credenciado poderá melhor atendê-los.

Em Belo Horizonte, foram credenciados o Hospital Mater Dei e a Clínica Check-up Center. Para marcar as consultas do programa, não é necessária autorização prévia, nem há taxa de inscrição, mensalidade e coparticipação, além de não ser preciso cumprir nenhum prazo de carência para fazer uso do benefício.